tranças

Trancendental (continuação!)

E já que o assunto desses dias foi tranças, saiu esse dossiê no Style.com sobre este tipo de penteado, que voltou com força nos desfiles de outono/inverno lá fora. O legal é que eles contam uma breve história do penteado. Sabiam que elas existem há mais de 5 mil anos? Lembram da imagem da Cleópatra, toda trançada? As rainhas do Egito Antigo costumavam usar extensões de cabelo trançado, que eram tão importantes que eram enterradas junto com suas donas.

elizabeth-taylor-cleopatra-wallpaper-2412

As tranças também foram o penteado mais comum da idade média, tanto na corte como entre as camponesas. Mesmo por baixo dos véus da igreja, elas eram elaboradíssimas. Durante a Renascença, elas passaram a ser mostradas, na forma longa, no caso das camponesas, e presas em enfeitados penteados entre as moças da corte.

Wallpaper-ever-after-32189709-1920-1080

No fim do século 19, as tranças ficaram mais simples, com o cabelo divido no meio e presas em coques ou deixadas soltas, conforme a idade das mulheres. Nos anos 1920, quando os cabelos mais curtos passaram a dominar a cena. Quem não se arriscava nos curtinhos, costumava usar coques bem presos durante o dia e tranças longas, soltas, durante a noite, para prepara o cabelo para o preso do dia seguinte. Nos anos 1930, a moda entre as meninas novas, era a trancinha dupla, à moda das tranças escandinávias.

image03

Vale a pena conferir o artigo do Style.com inteiro, em que eles mostram diversas tranças que marcaram época na moda do século 20. E, segundo eles, elas voltam às cabeças novamente esse ano, depois de um período intenso em 2007 e 2008. Olhem só alguns desfiles em que elas apareceram (além do Rodarte que mostramos aqui):

montagem

Aproveitando o ensejo do post, achei esse tutorial de um coque trançado. O vídeo é bem lindinho é foi filmado pela Lumineux em uma loja gracinha de Salt Lake City.

Achei o penteado lindo, ainda mais com o efeito criado pelas mechas da modelo. Ele também é facilmente executável. Se você, assim como eu, não é um polvo quando o assunto é penteados, dá para pedir para uma amiga mais jeitosa. Os passos são os seguintes:

– Tenha em mãos spray de cabelo e grampos grandes e pequenos. – Faça duas tranças embutidas nos dois lados da cabeça, chegando até atrás da orelha, e depois trance até a pontinha, prendendo as tranças temporariamente com um elástico. Passe spray no resto do cabelo, concedendo textura e firmeza. Divida essa porção de cabelo e enrole as duas mechas, afastando-as. Cruze essas mechas, continue enrolando e cruze novamente, dessa vez por cima do coque. Com grampos, prenda o coque no lugar. Com grampos menores, junte as tranças ao coque, uma por cima e outra por baixo. Pra completar, mais spray de fixação!

Trancendental

Lá nos idos de 2008, ter o cabelo trançado concedia status de fashionista imediato. Acho uma pena que uma moda tão divertida tenha passado, dando lugar às enjoativas escovas modeladas. Por isso, fiquei surpresa ao encontrar essas fotos lindas do último desfile da Rodarte, grife americana criativa e inovadora.

braidsrodarte1 braidsrodarte2 DSC_6144.450x675 braidsrodarte5 braidsrodarte6

Bem despojado, chic e fácil de fazer, né? Não ligo apenas para tendências, mas achei legal esse retorno da moda a um cabelo mais desarrumado, com cara de princesa medieval. A tiarinha de arame farpado, porém, acabou com qualquer fiapo de bondade que o visual pudesse ter. Dei uma pesquisada e descobri que a cabeleireira Odile Gilbert buscava um look “princesa rockeira”. Ela usou produtos John Frieda no styling. Fez baby liss nos cabelos, depois escovou tudo para suavizar o efeito. Separando mechas, ela criou duas tranças de cada lado, que se encontram em um arranjo de cabelo no formato de rosa, virando apenas um trançado.

É uma ideia simples, mas não óbvia. Gosto disso. Será que fica bom em vários tipos de cabelo? Se testarem, me contem!

Acessório: cabelo

Neste último ano as tranças voltaram com força total nas passarelas e nos cabelos das bonitas de todo o mundo. Pra mim, esse é o jeito mais fácil de conseguir um efeito legal sem perder muito tempo na frente do espelho.

As tranças são super versáteis, porque dá pra conseguir um efeito sexy ou completamente romântico, só mudando o tipo do penteado.

Na coleção da primavera-verão de 2009, as modelos do Alexander Wang usaram uma trança lateral desleixada bem anos 80 que eu logo adotei, já que meu cabelo repicado não pára com tranças comportadas de jeito nenhum.

Para a primavera de 2010, a DSquared também fez tranças laterais, com um voluminho em cima. Odeio esse look “não fiz nada pra ficar assim”, porque sempre fico com cara de mendiga quando tento fazer isso. Lindo!

Em um episódio de Gossip Girl, a Blair, como boa garota preppy que é, usa o cabelo na lateral de um jeito bem comportadinho, uma graça.

Outro penteado com tranças que me deixou bemlôca foi a trancinha embutida na frente que foi usada pelas modelos do desfile de alta costura do Elie Saab no começo desse ano.

Nessa foto do Jak and Jil, Constance Jablonski aparece nos bastidores, linda e loira. O triste é que é impossível pra uma leiga fazer isso em casa – acreditem, eu tentei!

Agora um penteado que total dá pra fazer em casa é uma “tiara” de cabelos. Sienna Miller e a Mary-Kate Olsen já apareceram usando tranças desse tipo com o cabelo preso, em um estilo mais “deusa grega”.

Eu não sou nenhuma deusa grega, mas costumo fazer uma tiara mais simples. É só fazer uma trancinha na lateral da cabeça, bem perto da orelha, e passar por cima do cabelo, prendendo do outro lado com um grampo.

Pra quem tem o cabelo comprido, essa “tiara” é super rápida e fácil pra fazer. Além disso, dá pra fazer duas ou mais tranças, fazer elas mais finas ou mais grossas e incrementar com florzinhas ou qualquer outro acessório. Fácil, rápido e bonito!

Por Julia