mademoiselle

Beleza vintage de sexta

Mais uma sexta-feira, mais uma oportunidade de alegrar suas vidas com coisas bonitas!

Hoje a sexta tem um cheirinho de guardado (sem traças, eu espero), com algumas capas de revistas antiguinhas incríveis que eu encontrei nesse tumblr (repararam na vibe tumblr da semana, né, hahaha), que reúne capas de várias revistas super antigas.

Pra quem curte essas relíquias e quer se inspirar com toda aquela beleza (oi, babãe Thais, to olhando pra você!) das revistas antigas – que, aliás, são absurdamente mais lindas que as atuais! – , é um prato cheio :)

1945 Harper’s Bazaar May cover 1949 April - Seventeen Magazine cover
1952 Charm April

Destaque para a pergunta: "Should you work while you're pregnant?"

1952 July Charm Magazine

1955 may harper's bazaar cover

1957 Ladies Home Journal April

Gostaram? Daqui uns dias coloco outras pérolas que descobri por aí! :)

por Julia

Anúncios

Muita Finesse: Batons Chanel

Uma coisa que eu queria muito nessa viagem era um batom asburdamente fino. Frescura de mulher, né? Nos primeiros dias que estava lá na Europa, me emocionava a cada perfumaria que entrava com o stand da Chanel. Como assim, eu posso livremente pegar nos produtinhos lindos (e cheirosos!) que sempre babo pela internet! São ossos do ofício desse tempo cibernético, né, meninas?

Mas enfim, já no comecinho da viagem, adquiri o um Chanel Rouge Coco na cor Mademoiselle pra chamar de meu.

Para quem não sabe, essa foi a linha nova lançada pela maison nesse ano (no dia do meu aniversário!), com nomes que relembram a vida de Coco Chanel e embalagem vintage. A Chanel pretende atrair as jovens mocinhas viciadas em lipgloss para o batom. Então, a fórmula é meio glossy. A maioria das cores tem brilhinhos, mas a Mademoiselle não. Ela anda fazendo muito sucesso por causa da imagem da campanha com a Vanessa Paradis, esposa do nosso querido Johnny Depp:

Não é um batom lindo? Mas o que me fez querer ele DEMAIS foi a propaganda fofíssima!

Uma graça essa música e a narradora francesa, adoro! O outro batom que eu compre foi no Free Shop da volta, dando adeus às comprinhas de make com preços amigos. Os batons da Chanel custam, em média, 23 euros, o que corresponde a algo em torno de 50 reais. Não é nada barato, né? Mas não é algo tão caro quando comparamos os preços dos batons vendidos por aqui! Exemplos são os da Mac por R$69 e esse mesmo batom Chanel, R$110.

Mas enfim, eu escolhi o coral neon Génial da coleção Les Pop Up:

Lembram dessa coleção? Foi a edição limitada de produtos de verão que a Chanel lançou. O produto que mais bombou foi o esmalte azulzin Nouvelle Vague.

E o Génial é, assim, GENIAL. Um coral perfeito, do jeito que eu queria, bem gritante e lindo, quase pink em algumas luzes. A fórmula dele é o Rouge Allure, mega hidratante e pigmentado.

Os batons da Chanel tem cheirinho de baunilha com rosa muito delicioso. A embalagem é o cúmulo do glamour, bem pesadinha. Quando você abre, os batons fazem clique, é tanta emoção (HAHAHA que besteira!)

Os swatches não ficaram muito bons, daí eu peguei emprestado da Christine do Temptalia.com

Rosa cor-de boca, chiquérrimo é esse Mademoiselle. Ele não é nem pink, nem nude, é rosa antigo. Veio pra substituir meus amados Faux e Brave da Mac, que estão nos últimos suspiros.

Nessa foto dá para ver bem a super intensidade do Génial. A make que acompanha ele tem que ser suave por que ele chama mesmo atenção. O tom de laranja dele é beeem sutil, ele puxa mais para o rosa mesmo.

por Manu