Sem Finesse no SWU!

Em primeiro lugar, desculpa pelo sumiço blábláblá whiskas sachê. Ando meio trabalhando demais, um pouco sem inspiração e para completar, o meu computador me abandonou nessa semana (e junto com ele todos as imagens inspiração do Sem Finesse!). A Ju falou meio en passant, mas a gente foi juntas ao SWU!

O festival é meio forçadin, com toda a história de salve a natureza e montanhas de lixo no gramado, mas isso já foi bem comentado. A estrutura era realmente impressionante, principalmente a área dos palcos, que funcionava direitinho, com shows sistemáticos, música sem parar (com a exceção de uma pausa na segunda, que só a Ju sofreu porque eu só fui no domingo!).  Uma coisa fofinha era a roda gigante, que funcionava com as pedaladas em umas bicicletas ergonômicas de quem quisesse usá-la!

Chegar e sair de Itu foram as partes chatas da bagaça, além do frio ABSURDO que fazia naquela fazenda. Olha nós felizes da vida chegando no festival, incautas do CONGELAMENTO IMINENTE!

E os looks completchinhos (eu ainda tinha jaqueta de couro na bolsa, imagina a Ju, só com essa roupinha num frio de 10 graus com sensação térmica de, sei lá, 5?)

Ju trabalhada no manuelismo com bolsa Misako e pashmina Accessorize emprestadas desta que vos fala. Pra completar, shorts preto, cardigan azul lindo, meia marrom e botinha cowboy fofinha.  E cabelón ao vento!

Eu, numa vibe meio desfocada andante, com shorts e bata Farm, camisa requião da Zara, bota da Zara e bolsa Kipling. O óculos é rayban e a cara é OBA VOU VER A REGINA SPEKTOR.

Falar em Regina, a Ju que me desculpe, mas vi ela de pertinho assim só dez metros nos separavam. A falta de vírgulas é motivada por uma hiperventilação que me toma cada vez que penso nisso!

Ela não é linda? O que são esses cachinhos fofos? Já que esse blog é de meninices, o batom PHYNO,  a Ju me ensinou que é o Lady Danger.  Numa tradução tosca, a Regininha andou dizendo por aí que “sempre coloco meu batom vermelho favorito antes de subir no palco. A cor é fantástica por que é muito vibrante. Não importa como eu me sinta antes do show, então estou pronta – é meu momento ‘ok, agora vou fazer meu show’. Ele realmente muda tudo”.

E aqui está ela cantando Fidelity no fim do show. OBRIGADO OBRIGADO OBRIGADO OBRIGADO!

Cute overload.

por Manu


Anúncios

6 comentários

  1. Gente, como vcs foram sem agasalhos?
    Eu imagino o frio que foi, no primeiro dia, levei só uma jaqueta e fui embora depois do show dos Los hermanos. Fui mesmo, eu estava congelando!
    Mas estava de jaqueta fofinha, quentinha, calça e bota.
    Já no domingo, eu fui de moletão mermo! huahauhau e a jaqueta grossinha por cima, meia calça de lã por baixo do jeans, meias e botas, luvas e ainda teve um momento que coloquei o gorrinho do moletão pra conseguir aguentar a hr do KOL!

    Gostaram?

    beijos

    1. Então, eu até comentei no twitter: a gente tava sem internet e sem ninguém conhecido no festival e confiamos na previsão de 25 graus e sol do Climatempo! Nunca me arrependi tanto de uma decisão, hahaha!

      Na segunda eu fui de meia de lã, calça, blusa, cachecol, tudo que tinha direito! :)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s